Grupo Mariano - Empresa

A Empresa

logo-site

O Grupo Mariano é formado por quatro empresas que atuam no ramo de serviços funerários nas cidades paulistas de Porto Ferreira (sede), Descalvado, Santa Rita do Passa Quatro e Santa Cruz das Palmeiras, todas dentro de um raio de 30 quilômetros. Juntas, essas cidades somam população de 150 mil habitantes, conforme dados do IBGE, de 30 de agosto de 2016. O Grupo administra também o Programa de Assistência Familiar (PAF), o Programa de Assistência Familiar Empresarial (PAFem) e o Memorial Cláudio Mariano, que atende apenas Porto Ferreira.

Dirigido por Fernando Mariano, o Grupo conta com quadro superior a três dezenas de colaboradores e dispõe de recursos próprios para todos os procedimentos que envolvem os serviços funerários. Atento às exigências cada vez maiores da sociedade, o Grupo concluiu, em 30/10/16, o Memorial Cláudio Mariano, que, reestruturado e modernizado, substitui o velório Santa Catarina, concebido e criado em 1982 pelo empresário e empreendedor Cláudio Mariano.

Fernando Mariano dá sequência, assim, às atividades iniciadas em 1928 por seu bisavô, Marcolino Mariano, quando ele se mudou da zona rural (Fazenda Capão Bonito) para o núcleo urbano de Porto Ferreira e começou a produzir caixões com a ajuda dos filhos. Entre eles, Nadir, seu sucessor, que com Mar-colino passaram a trabalhar formalmente, em 1932, para a prestação dos serviços funerários no município de Porto Ferreira. O Grupo Mariano, que em 2016 completou 84 anos de atividades, é hoje a terceira empresa mais antiga de Porto Ferreira sob o comando da mesma família.

O complexo empresarial começou a ser administrado por Cláudio Mariano, em abril de 1991, com o falecimento de seu pai, Nadir. Na verdade, Cláudio já vinha participando ativamente do comando dos negócios. Foi ele quem concebeu e implantou o velório Santa Catarina, em 1982, e estimulou a expansão dos serviços funerários para Santa Rita do Passa Quatro, em 1973. Definiu um novo perfil para a prestação dos serviços funerários, em 1984, e estendeu esses serviços para Santa Cruz das Palmeiras, em agosto de 1988, e para Descalvado, em julho de 1999.

Com o falecimento precoce de Cláudio Mariano, em 2010, uma das empresas do Grupo naquela época, com atuação na prestação de serviços funerários, passou a ser dirigida por Fernando Mariano, e avança agora a passos rápidos para se equiparar às mais modernas empresas do ramo dos grandes centros, como sinalizam conquistas recentes.